sexta-feira, 29 de abril de 2016

ATIVIDADE DA ORQUESTRA FILARMÔNICA DE SANTARÉM


Venha conhecer os instrumentos sinfônicos apresentados pelos músicos da primeira orquestra sinfônica da nossa cidade.
AMANHÃ, no sábado,  às 15h00 na Casa da Cultura.

Postagem: Alciane Ayres-Ascom-SEMC,.
Foto: IMWF.



Alunos do IMWF vão comemorar o dia da dança no sábado



O Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF) fará a programação para comemorar o dia da dança neste sábado (30), no auditório da Casa da Cultura a partir das 8 h 30 min. O evento contará com sete apresentações de vários ritmos que serão realizadas pelas alunas do curso de dança contemporânea baby, infantil e Jovem. 

Na ordem de apresentação será com a declamação do poema ‘A dança e a alma’ interpretado pela aluna, Larissa Guimarães. E logo, a será iniciada as apresentações de dança. A primeira será a coreografia da música ‘Asa Branca’ acompanhada pelo quinteto de clarinete. Depois, a ‘Garota de Ipanema’ será a segunda música a ser apresentada pelas alunas de dança baby e acompanhamento do quarteto de flauta transversal. As meninas da dança infantil do turno da tarde dançarão o Carimbó e entre outras apresentações artísticas.

Mais informações:

Sabrina Rabelo (assessora de imprensa) 93-99206-2614


 Foto: IMWF.

 Texto: Alciane Ayres-Ascom-SEMC.



terça-feira, 26 de abril de 2016

Prorrogadas as inscrições do Festival de Música do Tapajós


As inscrições do Festival de Música do Tapajós, o FEMUT/2016 foram prorrogadas até sexta-feira (29/04). Nesta edição, o FEMUT foi aberto para todo Brasil, a ação cultural  é promovido pela Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (SEMC). “A pedidos de artistas de várias partes do Brasil, que não conseguiram enviar dentro do prazo limite, a coordenação do Festival avaliou e o prazo foi alterado. Já estão cadastrados compositores das cidades de  Macapá (AP), Manaus (AM),  do  Rio de Janeiro (RJ) e de várias cidades paraenses”, disse, o titular da SEMC, Nato Aguiar.

Aguiar reforça que “nessa prorrogação as inscrições serão feitas somente pela internet e presencias, nos pontos indicado no regulamento do FEMUT”.  O regulamento do festival, o  candidato poderá acessar, o endereço do Blog da Secretaria Municipal de Cultura (http://www.secretariamunicipaldecultura-stm.blogspot.com.br/). No endereço eletrônico, na aba (Inscrições FEMUT 2016) poderão ser acessadas informações sobre regras para a inscrição e participação do candidato: cada autor/compositor poderá inscrever somente uma música inédita para concorrer ao Festival. É obrigatório a letras em Língua Portuguesa. As músicas inscritas devem ser inéditas e originais. Entende-se por inédita, a canção que não tenha sido lançada por gravadora com selo e registro no ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição de Direitos Autorais), música gravada e divulgada comercialmente em qualquer mídia, executada nos meios de comunicações. Qualquer canção que tenha sido já premiada em outros festivais. E por original, a que não contenha plágio, tanto na Letra como na Melodia. A citação poética será permitida, desde que esteja contextualizada – a exemplo de músicas que fazem homenagem a algum artista.

O IV FEMUT 2016 será realizado na Casa da Cultura, no período de 26 a 28/05. Na grande final 12 músicas serão classificadas para concorrer a premiação:


COLOCAÇÃO
PREMIAÇÃO
1º Lugar
R$ 6.000,00 + Troféu
2º Lugar
R$ 4.000,00 + Troféu
3º Lugar
R$ 2.000,00 + Troféu
Melhor Intérprete
R$ 1.000,00 + Troféu
Melhor Arranjo
R$ 1.000,00 + Troféu
Melhor Letra
R$ 1.000,00 + Troféu


Arte: Wanderson Sousa-SSEMC 
Texto: Alciane Ayres-Ascom-SEMC.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Maestro belenense participará do Concerto da Orquestra Sinfônica Mastro Wilson Fonseca




Totalmente gratuita a apresentação do regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, da capital paraense, Miguel Campos Neto, amanhã, sábado ( 23), às 20 h, na Casa da Cultura.  Ele estará na regência do Concerto da Orquestra Sinfônica Maestro Wilson Fonseca, promovido pelo Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF).
Ao currículo do maestro belenense, o Campos Neto somam-se, a regência do Festival de Ópera do Theatro da Paz, da Orquestra Jovem Vale Música, e da Orquestra Sinfônica Altino Pimenta (Universidade Federal do Pará/UFPA), também atuou cinco anos como Diretor Artístico e Regente Titular da Chelsea Symphony de Nova York e como regente assistente do Maestro Luiz Fernando Malheiro na Amazonas Filarmônica e no Festival Amazonas de Ópera (Manaus). Como convidado ele já regeu a Orquestra Sinfônica de Puerto Rico, The Mannes Orchestra, os Solistas de Câmara da Universidade de Missouri (EUA), e a Orquestra de Câmara do Amazonas.

No repertório da apresentação do Concerto com a Orquestra Sinfônica Maestro Wilson Fonseca, as músicas: Ave Verun Corpus, Ecce Sacedo Maguns, New Directions, Sinfonia número 27, Concerto em Dó maior para clarinete e Orquestra (até o segundo movimento) e o Concerto em Dó maior para violoncelo e Orquestra de cordas Todas as músicas serão sob regência do maestro, Miguel Campos Neto. 

Mais Informações:
Sabrina Rabelo (Assessora de imprensa do IMWF) 93-99206-2614


Logo de divulgação: IMWF.

Texto: Alciane Ayres-Ascom-SEMC.

No palco da Casa da Cultura: resultados da Companhia de Artes Companhia de Artes kaíros


Será na Casa da Cultura, a segunda edição do espetáculo, “Experiências em Curtas” será para exibir a plateia, os resultados da oficina teatral, na organização da Companhia de Artes kaíros. Teve como objetivo inserir novas pessoas no meio teatral, com um conhecimento técnico, cênico e experimental. “A capacitação ocorreu no mês de março, o aprendizado foi voltado para flexibilidade corpórea, dicção e jogos teatrais”, explicou coordenador da Kaíros, Manoel Moraes. Classificação Livre.

Serviço:
Data: 24/04/2016
Local: Casa da Cultura
Ingresso: R$ 4

Informações: (93-99132-6324 / 99122-1973) 



Arte: Kaíros. 

Alciane Ayres- Ascom-SEMC.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

INSCRIÇÕES: 15º servifest/Baixo Amazonas e Sudoeste do Pará

               

Na secretaria da Casa da Cultura continuam as inscrições para o 15º Festival do Servidor Público ( Servifest), nesta edição, o município de Santarém (PA), será polo da  Etapa, do Baixo Amazonas e Sudoeste do Pará. Organizado pela Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), no apoio da Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (SEMC). O Festival é um dos principais eventos culturais do estado, a edição de 2016, será dividida em três etapas regionais, iniciando pela de Santarém, com abrangência aos municípios de Alenquer, Almeirim, Altamira, Anapu, Aveiro, Belterra, Basil Novo, Curuá, Faro, Itaituba, Jacareacanga, Juruti, Medicilândia, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Novo Progresso, Óbidos, Oriximiná, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Prainha, Rurópolis, Santarém, Senador José Porfírio, Terra Santa, Trairão, Uruará e Vitória do Xingu. As inscrições dessa etapa encerram no dia 06 de maio. Horário: 08 h às 12 h E o evento será no dia 11 de junho, às 21 h, no auditório Felisbelo Jaguar Sussuarana, na Casa da Cultura.

Segundo o titular da SEMC, Nato Aguiar, “o Festival é aberto para servidores públicos estaduais e municipais ativos e inativos, estáveis, temporários e comissionados, vinculados à administração direta e indireta do Governo do Estado e de Prefeituras do Pará”.

“Não é permitida a parceria com pessoa que não seja servidor. Os interessados devem estar lotados nos municípios listados em cada etapa, com a devida comprovação feita através do contracheque”, explicou Aguiar.
Mais informações sobre o 15º Servifest, e principalmente quanto os critérios de cadastramento das músicas, acesse o link: http://secretariamunicipaldecultura-stm.blogspot.com.br/2016/04/inscricoes-15-servifestbaixo-amazonas-e.html



                   
      15º SERVIFEST FESTIVAL DE MÚSICA DO SERVIDOR PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ
                              REGULAMENTO:  DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º - A Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), realizará o 15º Festival de Música do Servidor Público – SERVIFEST de 2016 em 03 (três) etapas eliminatórias e uma etapa final. Parágrafo Único: As 03(três) etapas eliminatórias serão realizadas nas seguintes regiões: I - 1ª Etapa - Baixo Amazonas e Sudoeste - Município Polo Santarém (abrangendo os municípios de Alenquer, Almeirim, Altamira, Anapu, Aveiro, Belterra, Brasil Novo, Curuá, Faro, Itaituba, Jacareacanga, Juruti, Medicilândia, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Novo Progresso, Óbidos, Oriximiná, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Prainha, Rurópolis, Santarém, Senador José Porfírio, Terra Santa, Trairão, Uruará e Vitória do Xingu). II - 2ª Etapa - Marajó - Município Polo Salvaterra (abrangendo os municípios de Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure). III - 3ª Etapa - Metropolitana de Belém, Nordeste e Sudeste - Município Polo Belém (abrangendo os municípios de Abaetetuba, Abel Figueiredo, Acará, Água Azul do Norte, Ananindeua, Aurora do Pará, Augusto Corrêa, Baião, Bannach, Barcarena, Belém, Benevides, Bom Jesus do Tocantins, Bonito, Bragança, Brejo Grande do Araguaia, Breu Branco, Bujaru, Cachoeira do Piriá, Cametá, Canaã dos Carajás, Capanema, Capitão Poço, Castanhal, Colares, Conceição do Araguaia, Concórdia do Pará, Cumaru do Norte, Curionópolis, Curuçá, Dom Eliseu, Eldorado dos Carajás, Floresta do Araguaia, Garrafão do Norte, Goianésia do Pará, Igarapé-Açu, Igarapé-Miri, Inhangapi, Ipixuna do Pará, Irituia, Itupiranga, Jacundá, Limoeiro do Ajuru, Mãe do Rio, Magalhães Barata, Marabá, Maracanã, Marapanim, Marituba, Mocajuba, Moju, Nova Esperança do Piriá, Nova Ipixuna, Nova Timboteua, Novo Repartimento, Oeiras do Pará, Ourém, Ourilândia do Norte, Palestina do Pará, Paragominas, Parauapebas, Pau d'Arco, Peixe-Boi, Piçarra, Primavera, Quatipuru, Redenção, Rio Maria, Rondon do Pará, Salinópolis, Santa Bárbara do Pará, Santa Isabel do Pará, Santa Luzia do Pará, Santa Maria das Barreiras, Santa Maria do Pará, Santana do Araguaia, Santo Antônio do Tauá, Santarém Novo, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Araguaia, São Domingos do Capim, São Félix do Xingu, São Francisco do Pará, São Geraldo do Araguaia, São João do Araguaia, São João da Ponta, São João de Pirabas, São Miguel do Guamá, Sapucaia, Tailândia, Terra Alta, Tomé- Açu, Tracuateua, Tucumã, Tucuruí, Ulianópolis, Vigia, Viseu e Xinguara). Art. 2º - A grande final será realizada no município de Belém, no dia 5(cinco) de novembro de 2016, com a participação dos 12 finalistas: 04(quatro) vencedores da Etapa Baixo Amazonas e Sudoeste, 04(quatro) da Etapa Marajó e 04(quatro) da Etapa Metropolitana de Belém, Nordeste e Sudeste. DAS INSCRIÇÕES Art. 3º - Só poderão participar como compositor e/ou intérprete servidores públicos estaduais e municipais ativos e inativos, efetivos, estáveis, temporários e comissionados vinculados à administração direta e indireta do Estado do Pará. § 1º - Não será permitida a parceria com pessoa que não seja servidor público. § 2º - Os períodos das inscrições para as eliminatórias serão: I- 1ª Etapa Baixo Amazonas e Sudoeste - de 04/04 a 13/05; II- 2ª Etapa Marajó - de 04/04 a 13/05; III- 3ª Etapa Metropolitana de Belém, Nordeste e Sudeste - de 08/08 a 16/09; § 3º - Cada concorrente (compositor ou letrista) poderá inscrever até 02(duas) músicas, independente de parceria, sendo que somente 01(uma) será classificada.
§ 4º - As inscrições deverão obedecer ao seguinte:
I - a ficha de inscrição deverá ser preenchida com letra legível e assinada, informando os dados do(s)
servidor(es) público(s) participante(s).
II - anexar cópia do(s) último(s) contracheque(s) do(s) compositor(es) e intérprete.
III - a(s) música(s) inscrita(s) deverá(ão) ser gravada(s) em CD.
IV - cada composição inscrita deverá ser inédita e original, entendendo-se por inédita música que
nunca tenha sido premiada em outros festivais, editada, gravada e/ou comercializada em CD e
veiculada em quaisquer meios de comunicação. E por original entende-se música (letra e melodia)
não plagiada de outra já existente.
§ 5º - O material de inscrição poderá ser entregue:
I - em locais determinados pelas Prefeituras dos municípios polos;
II - de forma presencial, na sede da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), na
Av. Nazaré, 871, Bairro Nazaré, Belém, Estado do Pará, CEP: 66.035-145;
III - via sedex no endereço da EGPA;
IV - online através do site da EGPA – www.egpa.pa.gov.br.
§ 6º - As inscrições realizadas nas Prefeituras dos municípios polos (de forma presencial) ou via
sedex deverão conter um envelope grande, devidamente endereçado e identificado com o nome
SERVIFEST e do servidor concorrente, contendo em seu interior (devidamente identificados):
I - Envelope 1 lacrado – Contendo 05 (cinco) vias das composições datilografadas, digitadas ou
fotocopiadas em papel tamanho A4, com título, letra da música e sem identificação do(s) autor(es)
e 01(um) CD, conforme trata o inciso III, do parágrafo anterior.
II - Envelope 2 lacrado – Contendo 07 (sete) vias das composições datilografadas, digitadas ou
fotocopiadas com o título, letra da música e com a identificação do(s) autor(es), cópia do último
contracheque e RG do(s) compositor(es) e intérprete e a respectiva cifra da música concorrente.
§ 7º - As inscrições realizadas através do site deverão conter:
Arquivos em word da(s) letra(s) sem o nome dos autores, arquivo da(s) letra(s) com o nome dos
autores, ficha de inscrição, contracheque, RG e cifra escaneados, e gravação em mp3 da música(s).
Todos os campos da ficha de inscrição deverão ser preenchidos.
Art. 4º - Tanto o(s) compositor(es) quanto o intérprete só poderão concorrer na(s) eliminatória(s) no
município sede que abranja a sua cidade de lotação devidamente comprovada em contracheque.
Art. 5º - Para o encaminhamento das inscrições via Sedex, conforme parágrafo 5º do art. 3º, valerá a
data de postagem, que não ultrapasse as datas limites abaixo:
I - Baixo Amazonas e Sudoeste, município polo Santarém - Data limite: 13/05/2016.
II - Marajó, município polo Salvaterra - Data limite: 13/05/2016.
III - Metropolitana de Belém, Nordeste e Sudeste, município polo Belém - Data limite:
16/09/2016.
Parágrafo Único: as inscrições que não obedecerem à data limite de postagem de cada etapa serão
automaticamente desclassificadas.
DA SELEÇÃO E JULGAMENTO
Art. 6º - Para cada etapa será realizada uma pré-seleção, onde serão selecionadas até 12(doze)
músicas que participarão das etapas eliminatórias.
§ 1º - A pré-seleção será realizada por um júri composto por 03(três) personalidades ligadas ao meio
artístico, indicadas pela EGPA.
§ 2º - Para a pré-seleção de cada etapa será utilizado o material contido no envelope 1.
§ 3º - Os quesitos julgados serão: música e letra.
§ 4º - Todas as músicas inscritas receberão notas de 5 a 10, podendo ser fracionadas. As 12(doze)
músicas que obtiverem as maiores pontuações estarão classificadas para as eliminatórias de cada
etapa. Caso haja empate, o critério de desempate se dará através da maior nota recebida no quesito
música.
§ 5º - As decisões da banca julgadora serão irrecorríveis e todo material enviado ficará no arquivo do
Estado, sob os cuidados da EGPA.
Art. 7º - A Coordenação do SERVIFEST comunicará os servidores selecionados, agendando data,
local e horário para reunião que ocorrerá em cada município polo.
Parágrafo Único: Caso haja alguma irregularidade dentre as 12 (doze) músicas selecionadas, a
denúncia deverá ser enviada por escrito à EGPA, até 72h após a divulgação das mesmas, a fim de
que seja apurada. Caso seja constatada, pela EGPA, a veracidade da denúncia, a(s) música(s)
será(ão) automaticamente desclassificada(s) e será(ão) chamada(s) a(s) música(s) seguinte(s), por
ordem de classificação.
Art. 8º - Com a presença de um representante de cada uma das 12 (doze) músicas pré-selecionadas,
será realizada uma reunião para sortear a ordem de apresentação na etapa eliminatória.
Parágrafo Único: No dia da reunião, os 12 (doze) pré-selecionados da etapa correspondente
deverão apresentar mapa de palco contendo todos os instrumentos (da banda de apoio e outros) e
número de vocais que participarão da apresentação, bem como nome do intérprete juntamente com a
cópia do contracheque e RG deste.
Art. 9º - Em cada município polo (Santarém, Salvaterra e Belém), será realizada 01(uma) etapa
eliminatória onde participarão até 12(doze) músicas pré-selecionadas. Ao término das apresentações
será feita a apuração dos votos e as 04(quatro) músicas mais pontuadas das etapas Baixo
Amazonas/Sudoeste, Marajó e Metropolitana de Belém/Sudeste/Nordeste estarão classificadas para
a grande final e receberão as seguintes premiações:
I - 1º lugar - R$ 4.000,00 (quatro mil reais)
II - Melhor Intérprete - R$ 1.000,00 (um mil reais)
III - Melhor Arranjo - R$ 1.000,00 (um mil reais)
Art. 10º - As etapas eliminatórias de cada um dos municípios polos serão realizadas nos seguintes
dias:
I - 1ª etapa Baixo Amazonas e Sudoeste: 17/06/2016.
II - 2ª etapa Marajó: 16/07/2016.
III - 3ª etapa Metropolitana de Belém, Nordeste e Sudeste: 04/11/2016.
A Grande Final será realizada em Belém em 05/11/2016.
§ 1º - O Servidor só poderá se inscrever pelo município em que está lotado (informado no
contracheque), observando a etapa e os municípios abrangentes conforme trata o Art. 1º incisos I a
IV desse artigo.
§ 2º - O Festival contará com banda de apoio que dará suporte aos servidores classificados em todos
os municípios polos nas fases eliminatórias e grande final, realizando os trabalhos de audição,
ensaios e apresentação das músicas. A banda de apoio será composta pelos seguintes instrumentos:
contrabaixo, guitarra ou violão, teclados, percussão, bateria, sax ou flauta. Os concorrentes poderão,
também, a seu critério e responsabilidade, utilizar outro(s) instrumento(s) que será(ão) somado(s) aos
instrumentos da banda de apoio.
§ 3º - A banda de apoio não poderá, em hipótese alguma, fazer arranjo de nenhuma música
classificada, sendo o arranjo de inteira responsabilidade do compositor.
§ 4º- A banda de apoio não disponibiliza nenhum de seus instrumentos para uso de quaisquer
concorrentes durante ensaios, passagem de som ou apresentação.
§ 5º - Tanto nas eliminatórias nos municípios polos quanto na grande final, o corpo de jurados será
composto de 05(cinco) personalidades, dos quais 01(um) será o presidente. Os quesitos a serem
julgados serão: letra, música, interpretação e arranjo.
§ 6º - A contagem dos votos se dará pela soma dos pontos de 5 a 10, podendo ser fracionados.
§ 7º - Caso haja empate, o desempate se dará pela maior nota dada pelo presidente do júri ao quesito música.
§ 8º- Será constituído um corpo de jurados para cada etapa, não sendo permitida a repetição de
nenhum membro.
§ 9º - Na grande final, estarão participando as 04(quatro) músicas selecionadas em cada etapa (Baixo
Amazonas/Sudoeste, Marajó e Metropolitana de Belém/Nordeste/Sudeste), num total de 12(doze)
músicas finalistas.
§ 10º - Os servidores compositor(es) e intérprete(s) finalistas dos municípios polo de Santarém e
Salvaterra e Belém, quando não financiados pelo órgão de origem, receberão da EGPA transporte,
hospedagem e alimentação para participação na Grande Final.
§ 11º - Das 12(doze) músicas finalistas, sairão 1º, 2º e 3º lugares;
§ 12º - Tanto em todas as etapas eliminatórias quanto na grande final, perderão o direito ao ensaio e
passagem de som os concorrentes que não estiverem presentes nos horários previamente marcados.
DO ENSAIO, APRESENTAÇÃO E PREMIAÇÃO.
Art.11º - As 12 (doze) músicas classificadas para a grande final não poderão mudar o instrumental de
acompanhamento, bem como o intérprete, os quais deverão ser mantidos inalterados até o término
do festival.
§ 1º - A final do SERVIFEST obedecerá à seguinte programação:
a) Dia 03/11/2016: ensaio das 08 (oito) músicas classificadas nas etapas anteriores.
b) Dia 05/11/2016: passagem de som para a apresentação das 12(doze) músicas finalistas e
premiação dos vencedores.
§ 2º - Cada música terá 30 (trinta) minutos para ensaiar com a banda de apoio.
§ 3º - Só terá direito ao ensaio quem utilizar a banda de apoio.
§ 4º - Tanto nas etapas eliminatórias quanto na Grande Final cada música terá até15 (quinze)
minutos para a passagem de som.
§ 5º - Cada intérprete só poderá interpretar uma única música.
§ 6º - Em todas as etapas (Eliminatórias e Grande Final) a música que não estiver presente no palco
até a 3ª chamada perderá o direito à apresentação.
Art. 12º - A Premiação ocorrerá da seguinte forma:
I - 1º lugar: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)
II - 2º lugar: R$ 12.000,00 (doze mil reais)
III - 3º lugar: R$ 10.000,00 (dez mil reais)
§ 1º - As premiações dos artigos poderão ser acumuladas com as dos demais incisos.
§ 2º - A premiação em dinheiro sofrerá as deduções dos impostos devidos.
Art. 13º - No ato da inscrição o candidato autoriza a liberação dos diretos autorais e de imagem
referentes à(s) apresentação(ões), gravação(ões) e veiculação(ões) durante e posteriormente ao
evento, não cabendo à EGPA quaisquer ônus.
Art. 14º - É de responsabilidade do(s) compositor(es) concorrentes o pagamento de transporte,
alimentação e cachê do(s) músico(s), intérprete(s) e vocal (is) particulares.
Art. 15º - Os casos omissos no presente regulamento serão decididos pela direção geral da EGPA,
não cabendo qualquer recurso contra suas decisões.
Art. 16º - Todo material de inscrição, regulamento e ficha estarão disponibilizados para download no


Belém, PA, 15 de Fevereiro de 2016.

Arte: EGPA.
Texto: Alciane Ayres-Ascom/SEMC.

SARAU LITERÁRIO - BLOCO DE OFICINAS



O encerramento do Bloco de Oficinas foi de literatura ao som instrumental de violão, no último sexta-feira (15), na Praça do Mirante, com o Sarau Literário.  Realização do Governo do Estado do Pará, por meio  através da Fundação Cultural do Estado do Pará (FCP) e do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Pará, no apoio da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretarias  Municipais de Cultura (SEMC) e de Educuação (SEMED).






Texto e foto: Alciane Ayres-Ascom-SEMC.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Ensaio geral dos 50 alunos do IMWF para Concerto da Orquestra Sinfônica


No sábado (16), os 50 alunos do Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF) vão participar do ensaio geral, na regência do maestro Agostinho Fonseca Jr (atua em Belém/PA), no auditório da Casa da Cultura, às 9 horas.  Ele veio especialmente para preparar os músicos para o Concerto da Orquestra Sinfônica Maestro Wilson Fonseca, na regência do maestro, Miguel Campos Neto, da capital paraense. A programação será, no dia 23 /04, às 20h. Entrada Franca.

No repertório da Orquestra, as músicas: Ave Verun Corpus, Ecce Sacedo Maguns, New Directions, Sinfonia número 27, Concerto em Dó maior para clarinete e Orquestra (até o segundo movimento) e o Concerto em Dó maior para violoncelo e Orquestra de cordas Todas as músicas serão sob regência do maestro, Miguel Campos Neto.

Mais Informações:
Sabrina Rabelo ( Assessora de imprensa do IMWF) 93-99206-2614

Logo de divulgação: IMWF.

Texto: Alciane Ayres-Ascom-SEMC.

Bloco de Oficinas vai encerrar com Sarau literário

Oficina de Cenografia

O encerramento Bloco de Oficinas,  da Fundação Cultural do Pará (FCP), na parceria  Prefeitura de Santarém,  através das Secretarias Municipais de Cultura (SEMC) ou da Educação (SEMED)  será com projeto literário,  também da FCP, da Diretoria de Leitura e Informação. O projeto é o Sarau denominado,  “ A noite é uma palavra”, na Praça do Mirante, a partir das 19 horas, nesta , sexta-feira. O titular da SEMC, Nato Aguiar explica que, “o evento artístico literário é dedicado ao incentivo da leitura e criação literária com a poesia em destaque foco”.
Oficina Leitura inclusiva
Oficina Leitura Inclusiva

Oficina de Gestão e tecnologia de informação em bibliotecas (BIb Livre)



Oficina de Elaboração de projetos sociais e culturais 

Oficina Mediação de Leitura e dinamização cultural de bibliotecas



Através do Sarau, os autores paraenses exprimem suas vozes poéticas. A recitação é o gênero oral que tonaliza o espetáculo. Os poetas se revezam no palco em performances literárias e prometem emocionar a platéia. Participam poetas paraenses, Anielle Valério (Oriximiná), José Maria Pinto Cruz (Santarém), Raimundo Amaral (Monte Alegre)  e Sérgio Andrade (Óbidos) . Na participação do músico santareno, Domingos Djalma Rego Pereira.


O Bloco de Oficinas iniciado na última segunda-feira (11) superou a expectativa, ultrapassamos a meta de 140 participantes. Foram o total de 20 vagas para 07 oficinas ofertadas pela FCP, a mais procurada foi a de Elaboração de Projetos Culturais e Sociais, o qual participam 30 pessoas. As oficinas são gratuitas e os instrutores são da FCP, da capital paraense. Instrutores  das Oficinas:  de Cenografia, artista plástico e cenografo,  Silvio Nascimento, contação de histórias, a Bibliotecária Vilma Tavares, Elaboração de projetos culturais e sociais, a produtora Cultural, Fatinha Silva,Gestão e tecnologia de informação em bibliotecas públicas (Bib Livre), técnica da bibliotecária Marinilde Barbosa, Leitura inclusiva,com Bibliotecário Pedro Neto, junto com o assistente administrativo, Dailton Conceição, Mediação de leitura e dinamização cultural de bibliotecas, o técnico em gestão cultural, Simas e Restauro de acervo bibliográfico, com o restaurador, Waldinei Romano de Sousa. O encerramento dos cursos nesta sexta-feira (15), com entrega de certificação pela manhã e a tarde. No horário da tarde, a entrega dos certificados será apenas para os projetos, de Elaboração de projetos culturais e sociais e Gestão e tecnologia de informação em bibliotecas públicas-Bib Livre.

Serviço:
O Sarau Literário: “ A noite é uma palavra”
Data: 15/04/2016 (sexta-feira)
Local: Praça do Mirante
Horário: 19 horas
Mais informações:
Walteci Nogueira (diretor da Biblioteca Municipal) : 93-99138-7310

terça-feira, 12 de abril de 2016

Atividades do Bloco de Oficinas da Fundação Cultural do Pará

APOIO: Prefeitura Municipal de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (SEMC) e da Secretaria Municipal de Educação (SEMED).




Cenografia:
o artista plástico e cenógrafo:  Silvio Nascimento





Gestão e tecnologia de informação em bibliotecas públicas (Bib Livre):
 a técnica da FCP Marinilde Barbosa












Contação de histórias:
Bibliotecária Vilma Tavares









Elaboração de projetos culturais e sociais:
a Produtora Cultural: Fatinha Silva 




















Leitura inclusiva:
Bibliotecário Pedro Neto e o assistente administrativo, Dailton Conceição.








Mediação de leitura e dinamização cultural de bibliotecas: o Técnico em Gestão Cultural / Bibliotecário: Semias Araújo






























Restauro de acervo bibliográfico: o restaurador: Waldinei Romano de Sousa















TEXTO E FOTOS: ALCIANE AYRES-ASCOM/SEMC.